Atualize seu Navegador Nós detectamos que você esta usando uma versão obsoleta do Internet Explorer como seu navegador web.
Para entrar no site e usufruir de todos os recursos, por favor instale uma versão mais atual do IE.
Só levara alguns minutos para completar.

O site também pode ser visto usando:

Media Training: como lidar com a imprensa

Estratégia e conteúdo especializado para a empresa se comunicar com seu público interno e externo

Media Training: como lidar com a imprensa

Muitos executivos se perguntam o que falar, como falar e quando falar com a imprensa. Afinal, quando chega o momento de ser o porta-voz da organização? Muitos executivos têm medo de passar mensagens erradas ou falar de um jeito que o jornalista não compreenda, acarretando uma matéria publicada com informações erradas, trazendo danos à organização.

Muitos executivos se perguntam o que falar, como falar e quando falar com a imprensa. Afinal, quando chega o momento de ser o porta-voz da organização? Muitos executivos têm medo de passar mensagens erradas ou falar de um jeito que o jornalista não compreenda, acarretando uma matéria publicada com informações erradas, trazendo danos à organização.

Para resolver estas questões, é importante que o porta-voz e os executivos da organização passem por um Media Training. Antes de seguir adiante, primeiramente, vamos explicar o que é significa este termo. Trata-se de um treinamento que proporciona aos executivos entenderem como funciona a imprensa em suas diferentes mídias, incluindo termos técnicos, como fechamento, deadline, pauta, lead, editoria, etc. Este treinamento permite que o executivo entenda o lado do jornalista na construção da notícia. Com isso, o índice de erros tende a diminuir, pelo menos, em 50%. Jornalista não é um bicho de sete cabeças, basta saber lidar com aquela situação, independe de que a matéria seja positiva ou não.

Dar entrevista não é um dom: é uma habilidade desenvolvida com tempo e prática. Além disso, cada pessoa tem um perfil diferente e lida de forma diferente com uma entrevista. Há executivos que são ótimos para conversas pessoalmente, outros têm um perfil simples e objetivo, adequado para rádio, por exemplo. A escolha do porta-voz dependerá da área de atuação e de acordo com a pauta. Por exemplo, se a matéria é sobre gestão de pessoas, o porta-voz deve ser o Diretor de RH.

O Media Training

Existem diferentes formatos de Media Training no mercado. Há profissionais que simulam, logo de cara, uma entrevista, fazem anotações dos pontos errados e expõem para o grupo. Como profissional de comunicação e estudante de psicanálise, não gosto deste formato por alguns motivos:

1) Como você vai cobrar o executivo de um conhecimento, se ele não sabe como proceder?
2) Fazer uma entrevista com o executivo na frente de todos, para depois apontar os defeitos, desestimula o profissional. Ninguém gosta que seus erros sejam expostos na frente do outro.

Há outros profissionais que levam um jornalista famoso para expor seu dia-a-dia e os bastidores da imprensa. Dependendo da abordagem, é interessante, mas vejo a necessidade de entregar um conteúdo de diferentes frentes para o executivo saber como atuar.

A partir de estudos de campo, percebo que o porta-voz precisa ter uma visão 360º e acompanhar o raciocínio do jornalista. Trago as seguintes abordagens com profissionais diferentes:

1) O que é a imprensa, seu objetivo e como funciona;
2) Erros e gafes cometidos pelos porta-vozes que se tornam notícia;
3) Os bastidores da imprensa e como funciona a escolha de um entrevistado;
4) Comunicação verbal e não verbal;
5) Social Media Training – como lidar com as Redes Sociais;
6) Como se posicionar para fotografia, pois imagem também é notícia.

Após entregar conhecimento e conteúdo pertinente para uma entrevista, os executivos passam por uma simulação em que são colocados em diferentes situações, como entrevista de jornal, rádio, televisão, coletiva de imprensa e posicionamento para uma foto. Além do jornalista que conduz a entrevista, há a necessidade um profissional para relatar pontos fortes e a melhorar.

Por último, o relatório é fornecido individualmente com base nas mensagens passadas, posicionamento de voz e corpo, além de um feedback baseado na terapia comportamental.

O Media Training é fundamental, pois também desenvolverá o executivo para falar em público, dar palestras e se portar diante de públicos relevantes. É um investimento profissional que vale a pena! Se você tem alguma dúvida sobre esse assunto, fale com a gente!